Sexta-feira, 27 de Março de 2009

Grande Prémio de Constância

Grande Prémio de Constância...

...ou correr por uma causa

 

A corrida, ou melhor, o prazer da corrida mobiliza multidões.

Corre-se apenas porque sim, corre-se  porque há motivos que nos impelem, corre-se também porque há causas que nos unem. Causas mais ou menos próximas, mais ou menos abrangentes, de carácter solidário e social; causas que apoiam e/ou sensibilizam para esta ou aquela problemática...não vale a pena enumerá-las, são de todos, sobejamente conhecidas. Eu também já corri por muitas causas. A que mais me sensibiliza é a Corrida Terry Fox porque revejo nesse jovem o exemplo vivido pela minha filha. Ambos foram vencidos pela doença, mas ficou a sua coragem e determinação.

 

Constância será brevemente, e  uma vez mais, a anfitriã de uma corrida emblemática. Correr junto aos braços verdes do Zêzere e do Tejo, passear pelas sinuosas ruas floridas, contemplar as arcadas e descobrir recantos, saborear as famosas migas carvoeiras, ou prolongar a estadia e participar nas Festas do Concelho (nas quais a prova de atletismo está integrada) e de Nossa Senhora da Boa Viagem, em que, invocando a protecção de Nª Senhora,  se abençoam embarcações e viaturas,  são sem dúvida atractivos suficientes para visitar a Vila-Poema, por alturas da Páscoa.

 

O ano passado não corri em Constância. Não tive coragem. Tinha corrido há dois anos. Este ano penso correr. Pensei também levar a efeito algo que já tinha pensado no outro ano...

 

Correr com a mesma t-shirt com que fiz a minha primeira Meia Maratona em memória da minha filha. Correr lembrando a Margaret em Constância tem um duplo significado: homenagear a sua coragem e a sua luta na luta contra o cancro e recordá-la a quem vir o seu rosto. Recordar ainda que esse rosto tão belo e suave está sob sete palmos de terra, lá no alto, junto à Igreja Matriz, num "amontoado" de areia à espera de sepultura mais digna.

 

Porque tarda tanto um pedido tão simples?

 

No Grande Prémio de Constância vou correr pela Margaret.

 

Haverá mais alguém?

 

 img219/4248/dscn1644ln4.jpg

 img129/6539/dscn1655ld1.jpg

(na Meia de Lisboa)


Desabafos de alemvirtual às 21:25
link do post | Deixe o seu comentário | favorito

Pedaços de mim


Sou...

Outras almas amigas

. 10 seguidores

pesquisar

 

Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Desabafos...

A minh´alma não é mais qu...

Zita

Silêncio da noite

Uma gaiola como tantas ou...

As minhas preocupações pa...

Missa em memória da Marga...

Memórias - Margot

Mais perto do céu

Mensagem para uma noiva

Quando a saudade bate

Outras páginas de vida...

Janeiro 2014

Março 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

SAPO Blogs

subscrever feeds